A imaginação sociológica

ANTHONY GIDDENS Aprender a pensar de maneira sociológica – olhar, em outras palavras, o quadro mais amplo – significa cultivar a nossa imaginação. Estudar sociologia não é apenas um processo rotineiro de adquirir conhecimento. Um sociólogo é alguém que consegue se libertar da imediatez das circunstâncias pessoais e colocar as coisas em um contexto mais … Continue lendo A imaginação sociológica

Bajulação, promessas e mentiras

CÍCERO E quando você já tiver assegurado o apoio dos seus amigos, então vá conhecer também as razões e os tipos de seus caluniadores e adversários. Eles são três: primeiro, os que você prejudicou; segundo, os que sem nenhum motivo não gostam de você; terceiro, os que são amigos íntimos de seus concorrentes. Quanto aos … Continue lendo Bajulação, promessas e mentiras

A concepção “negativa” da política em Marx

ATILIO A. BORON * Marx, com efeito, aderia a uma “concepção negativa” da política. Por que negativa? Porque Marx decifrou o hieroglífico da política na sociedade burguesa a partir da chave proporcionada por sua teoria da alienação. Daí que Marx invertesse, como se fosse uma luva, o argumento hegeliano e, onde este via no Estado … Continue lendo A concepção “negativa” da política em Marx

Ganhei coragem

RUBEM ALVES* “Mesmo o mais corajoso entre nós só raramente tem coragem para aquilo que ele realmente conhece”, observou Nietzsche. É o meu caso. Muitos pensamentos meus, eu guardei em segredo. Por medo. Albert Camus, ledor de Nietzsche, acrescentou um detalhe acerca da hora quando a coragem chega: “Só tardiamente ganhamos a coragem de assumir … Continue lendo Ganhei coragem

Política e Ciência Política

ANTONIO OZAÍ DA SILVA* aos acadêmicos do curso de Ciências Sociais, 2014 (DCS/UEM) Segundo DUVERGER, “a ciência política é a mais jovem das ciências sociais. Ela nasceu porque pessoas tiveram a ideia de estudar problemas que as outras ciências sociais tinham negligenciado: por exemplo, os partidos políticos, as eleições, os grupos de pressão, a elaboração … Continue lendo Política e Ciência Política

Uma palavra instável

ANTONIO CANDIDO* Nacionalismo é uma palavra arraigada na pulsação da sociedade Nacionalismo tinha, pois, um primeiro significado, digamos positivo, que exprimia o patriotismo normal e correspondia ao grande esforço de conhecer o país. Mas quando apelava para palavras como "brasilidade, começava a se alterar e adquirir o sentido negativo de conservadorismo político, social e cultural; … Continue lendo Uma palavra instável